A Metodologia de análise estilística: tessituras possíveis entre estilo e identidade no filme Nostálgia de la luz

  • Simone Maria Rocha
  • Cláudia Regina Adrianzen Lapouble
Palavras-chave: Análise estilística. Estilo. Identidade chilena. Nostalgia. Documentário.

Resumo

Propomos desenvolver uma metodologia que articula estudos contemporâneos de cultura e os princípios da análise estilística, conforme desenvolvida por David Bordwell, com vistas a traçar marcas de identidade do homem chileno postas em cena no documentário Nostalgia de la luz (Chile, França, Alemanha, 2010) de Patrício Guzmán. A partir de três operadores analíticos: 1) atuação dos atores; 2) cenários e 3) enquadramentos procuraremos identificar as tessituras possíveis de se estabelecer entre o homem chileno encenado e os estudos acerca de identidade latino-americana empreendidos por autores como Jesús Martín-Barbero e Néstor Garcia Canclini. Por esse percurso, nosso esforço será o de promover um diálogo obra-cultura evitando apontar os produtos midiáticos como meros exemplos de uma teoria dada de antemão.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
30-08-2014
Como Citar
Rocha, S., & Lapouble, C. (2014). A Metodologia de análise estilística: tessituras possíveis entre estilo e identidade no filme Nostálgia de la luz. E-Compós, 17(1). https://doi.org/10.30962/ec.v17i1.1041
Seção
Artigos Originais