Celebração do casamento igualitário e homofobia nas redes digitais: #LoveWins na disputa de sentidos oriundos da apropriação da Havaianas

Ronaldo Cesar Henn, Jonas Pilz, Felipe Viero Kolinski Machado

Resumo


O trabalho analisa os sentidos oriundos do modo como Havaianas, a marca de sandálias brasileira, apropria-se das manifestações em rede de apoio à decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos que tornou legal, em 2015, o casamento igualitário naquele país. Ao atualizar sua foto de perfil no Facebook utilizando, inicialmente, o filtro com as cores do arco-íris e depois dispondo as sandálias em cores que lembram a bandeira do movimento LGBT, a marca desencadeou uma conversação em que sentidos em torno do tema homofobia foram se constituindo. A ação das Havaianas enquadra-se na condição de ciberacontecimento e articula intricadas relações que passam por questões de gênero, narrativas espalhadas e permeabilidade de fronteiras mediáticas. O artigo também apresenta a experiência metodológica designada como Análise de Construção de Sentidos em Redes Digitais, que se ocupa de processos micros da conversação em rede.

Palavras-chave


Ciberacontecimento; Disputas de Sentido; Sites de Redes Sociais

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.30962/ec.v21i1.1400

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Conceito A2, Qualis Capes

E-ISSN 1808-2599

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia