A opinião pública distribuída: blogs e jornalismo nas Eleições Brasileiras de 2006

  • Fábio Malini
Palavras-chave: Internet, Blogs, Jornalismo

Resumo

Este estudo busca analisar o impacto da atividade discursiva dos blogs na campanha política brasileira de 2006, em particular, examinar como o regime de conversação e diálogo viral entre os autores dessas publicações online transformou o estatuto teórico da opinião pública (ligada à cultura de massa) e impulsionou a criação de um novo mercado do diálogo entre o jornalismo e as novas audiências online. Em 2006, de posse de ferramentas de construção de redes sociais (principal o site de relacionamento Orkut), de ferramentas para publicações amadoras (os blogs, podcastings e wikis etc) e da criação de redes de debate por meio de listas e fóruns de discussão, os internautas militavam na defesa de seus candidatos a presidente, criando uma rede distribuída de informação totalmente baseada no contágio. Assim a opinião circula como uma praga, um vírus, num jogo infinito de “passa e repassa”. Ela é, no ambiente das redes virtuais, uma opinião pública distribuída, algo tematizado e esmiuçado neste artigo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Malini, F. (1). A opinião pública distribuída: blogs e jornalismo nas Eleições Brasileiras de 2006. E-Compós, 9. https://doi.org/10.30962/ec.v9i0.181
Edição
Seção
Artigos Originais