A mitologia na representação cultural da cachaça: imagem negativa e tentativa de ressignificação

  • Daniella Ramos Silva
  • Sérgio Carvalho Benício de Mello
Palavras-chave: Cachaça, Representação Cultural, Mitologia

Resumo

Foram identificados os mitos que permeiam a cachaça na cultura brasileira, tendo por base o fato de eles favorecerem a representação cultural — imagem de uma cultura sobre determinado objeto — negativa desta bebida. Constitiu-se um corpus de pesquisa caracterizado por guardar vínculos significativos com a prática social em foco. A metodologia adotada foi a semiologia. Assim, foram identificados cinco mitos relacionados à representação cultural da cachaça: “cachaceiro”, “desprestígio”, “bebida popular”, “Brazilian brandy” e “da moda”. Concluiu-se que, ao contrário do que se supunha antes no início do estudo, os mitos não atribuem única e exclusivamente conotações negativas à cachaça no Brasil; conferem-lhe também conotações positivas. Entretanto, os mitos positivos ainda não conseguem ressignificar a representação cultural dessa bebida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
30-06-2010
Como Citar
Silva, D., & Mello, S. (2010). A mitologia na representação cultural da cachaça: imagem negativa e tentativa de ressignificação. E-Compós, 13(1). https://doi.org/10.30962/ec.v13i1.469
Seção
Artigos Originais