Significações do trabalho nas narrativas do eu: estratégias comunicacionais da marca Nextel na campanha “Bem-vindo ao Clube”

  • Vander Casaqui
Palavras-chave: Comunicação e Consumo, Trabalho, Publicidade, Midiatização, Subjetividade

Resumo

A campanha publicitária da marca de serviços telefônicos Nextel é analisada sob a ótica das teorias do trabalho e do consumo. Discutimos os significados das narrativas construídas pelos sujeitos que protagonizam os filmes, ao apresentarem suas trajetórias erráticas de vida, em relação às expectativas do outro, como traços identitários associados ao universo simbólico de Nextel. Nessas narrativas, o trabalho é destaque, como esfera de desafio e de afirmação, de identificação e de estranhamento, de perspectivas de fracasso e de conquista do sucesso. A reflexão sobre a espetacularização e a estetização da intimidade, por meio da midiatização das narrativas do eu, serve como base para a compreensão do papel da atividade produtiva na vinculação de sujeitos em comunidades imaginadas pela linguagem publicitária.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
23-02-2011
Como Citar
Casaqui, V. (2011). Significações do trabalho nas narrativas do eu: estratégias comunicacionais da marca Nextel na campanha “Bem-vindo ao Clube”. E-Compós, 13(2). https://doi.org/10.30962/ec.483
Seção
Dossiê Temático