O Instituto da Universidade de Moscou e os estudos soviéticos de jornalismo dos anos 1920: projeto científico inacabado

  • Francisco Rüdiger
Palavras-chave: História do pensamento jornalístico, Instituto Estatal de Jornalismo da Universidade de Moscou, 1921-1930, Estudos de jornalismo, escola soviética dos anos 1920, Teorias do jornalismo, marxismo soviético.

Resumo

Ainda é pouco conhecido no Ocidente o fato de, na União Soviética dos anos 1920, ter sido esboçado, no Instituto de Jornalismo da Universidade de Moscou, um programa de pesquisa e um sistema teórico para a reflexão e análise da imprensa em uma sociedade comunista. O artigo apresenta as circunstâncias, os sujeitos, as principais ideias e as linhas de estudo que definiram este fenômeno, coincidente com os anos em que o país viveu a “nova política econômica”. O argumento revela que, no período, os estudiosos soviéticos se esforçaram por elaborar uma teoria marxista da informação de classe como forma de manter uma relativa autonomia do jornalismos em relação à doutrina leninista da propaganda e organização professada oficialmente pelo regime.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
27-04-2016
Como Citar
Rüdiger, F. (2016). O Instituto da Universidade de Moscou e os estudos soviéticos de jornalismo dos anos 1920: projeto científico inacabado. E-Compós, 19(1). https://doi.org/10.30962/ec.1256
Seção
Jornalismo

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##