Jornalismo de dados na revista Realidade

  • Marcos Antônio Zibordi
Palavras-chave: Revista Realidade. Jornalismo de dados. Reportagem.

Resumo

Pretende-se discutir a produção de reportagens com base estatística entre 1966, ano de estreia da revista Realidade, e 1973, quando mudou radicalmente. Da consulta a originais coligimos informações como regularidade, extensão e metodologia das reportagens numéricas, classificando 40% como “jornalismo de dados”. Sua decisiva presença confronta a ideia de uma revista tomada de narrativas jornalístico-literárias, produzidas por insubstituível equipe nos dois primeiros anos. As conclusões resultam, sobretudo, da aplicação dos parâmetros de análise de Mancini e Vasconcellos (2016), segundo os quais narrativas numéricas devem atender a três “dimensões”: investigativa, interpretativa e comunicativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
20-12-2018
Como Citar
Zibordi, M. A. (2018). Jornalismo de dados na revista Realidade. E-Compós, 21(3). https://doi.org/10.30962/ec.1472
Seção
Artigos Originais