Jovens, violência e meios de comunicação

  • Raúl Zarzuri Cortés
Palavras-chave: jovens e violência, meios de comunicação, violência performativa

Resumo

Este artigo apresenta uma visão da relação entre jovens, violência e meios de comunicação. Aborda a construção de certos tipos de jovens como “monstros sociais” e por tanto estigmatizados pelos meios de comunicação como jovens não desejados socialmente, através da análise das mobilizações dos estudantes secundaristas que tiveram seu auge na denominada “revolución pinguina”, que colocou em pauta para a opinião pública, as desigualdades e iniqüidades existentes na educação chilena. Se destaca o papel dos meios de comunicação, particularmente a imprensa escrita e a televisão, na construção de um imaginário dos jovens, como “jovens violentos”, e se realiza um breve exercício interpretativo da violência juvenil entendida como una “performance” que é utilizada pelos meios para vender e incrementar audiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
10-03-2009
Como Citar
Cortés, R. Z. (2009). Jovens, violência e meios de comunicação. E-Compós, 11(3). https://doi.org/10.30962/ec.327
Seção
Artigos Originais