Para pensar a cidade: passagens entre representações publicitárias ideais e vivências concretas

  • Ângela Cristina Salgueiro Marques
Palavras-chave: cidade, publicidade, participação, relações comunicacionais, governo local.

Resumo

Este artigo tem por objetivo apontar e discutir as tensões entre as representações publicitárias ideais da cidade e as vivências concretas resultantes das experiências, pertencimentos, e relações comunicativas que os cidadãos tecem junto aos outros e ao governo local. Nosso propósito é o de evidenciar as distâncias existentes entre “idealizar” a cidade e “participar” de processos decisórios que determinam seu planejamento e gestão. Argumentamos que a relação entre governantes e governados não se sustenta pela noção de “belo”, mas pelo “conflito” que estabelece divergências e, ao mesmo tempo, evidencia novos caminhos e articulações. Para tanto, realizamos uma análise da campanha “Quem gosta de BH tem seu jeito de mostrar”, lançada pela prefeitura de Belo Horizonte em maio de 2003.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
10-03-2009
Como Citar
Salgueiro Marques, Ângela C. (2009). Para pensar a cidade: passagens entre representações publicitárias ideais e vivências concretas. E-Compós, 11(3). https://doi.org/10.30962/ec.242
Seção
Artigos Originais

Most read articles by the same author(s)